Os ingressos para o show que Sting fará no sábado, por ocasião da reabertura da casa de espetáculos Bataclan um ano após o ataque extremista que deixou 90 mortos, se esgotaram nesta terça-feira em menos de uma hora, segundo a sala parisiense.

"Todos os ingressos para o show do Sting foram vendidos, agradecemos por sua compreensão", anuncia o Bataclan em seu site. A venda começou às 08h00 GMT (06h00 de Brasília) e o site ficou rapidamente saturado pelo grande número de conexões. Em menos de uma hora, o site anunciou que os ingressos estavam esgotados.

Na sexta-feira, o dono da casa de espetáculos anunciou que convidaria as famílias das vítimas dos atentados de 13 de novembro de 2015. A capacidade do local, completamente reformado após oito meses de obras, é de 1.497 lugares.

A apresentação do cantor britânico Sting no Bataclan, onde sua antiga banda The Police se apresentou em 1979, será o primeiro show realizado na sala desde os atentados que deixaram 90 mortos no local e 130 na capital francesa.

O astro não cobrará nada pelo show, cuja renda será entregue a duas associações de vítimas. 

No domingo, aniversário dos atentados, será realizada uma cerimônia com a instalação de uma placa diante do Bataclan. Vítimas e sobreviventes do ataque, incluindo membros do grupo Eagles of Death Metal, que se apresentava na noite do massacre, devem comparecer ao ato.