Há um ditado popular que reza: quem tem boca vai a Roma. O chef Maurizio Gallo pegou o caminho contrário e deixou a capital da Itália para vir saciar as bocas mais famintas pela tradicional e caseira comida italiana aqui em Belo Horizonte.

Formado em Ciências Contábeis, Maurizio foi parar entre as panelas e os temperos devido ao amor pelo ofício transmitido pelo pai, também um grande cozinheiro.

Por amor a Minas e suas montanhas – e a uma bella belo-horizontina –, Maurizio escolheu a capital. “Vim parar no Brasil e em BH por causa da minha ex-mulher. Eu a conheci cozinhando em Roma. Cheguei por aqui em 2004 e comecei a trabalhar com eventos particulares, sempre servindo pratos italianos. Mas chegou uma hora em que a vaidade falou mais alto, e com incentivo e apoio dos amigos, decidi abrir a primeira cantina, em 2009. No ano passado, ampliei a casa e abri a segunda unidade em Lourdes para atender à demanda que estava alta e a um público mais jovem”, conta Gallo.

Nas duas cantinas, Maurizio preza por servir pratos básicos e regionais da culinária italiana. De políticos a anônimos, a clientela que comparece às casas discretas e elegantes é cativa.

Para manter o padrão e a qualidade nos endereços, Gallo conta com dois chefs titulares italianos de forno e fogão.

O chef é bastante simpático, gosta de conversar com os clientes e, às vezes, chega a dar uma palinha no piano. Para acompanhar as deliciosas massas italianas, as cantinas começaram a ter uma reserva de vinhos.
 

Maurizio Gallo mantém vivas as tradições da Itália em suas cantinas em BH


Produzir em casa para fugir da crise

Para deixar o clima das cantinas mais italiano ainda, as paredes são cobertas com imagens tanto da Itália quanto de grandes nomes do país, como Sophia Loren e Marcello Mastroianni, e de times de futebol , como a da Roma - time de Maurizio.

Driblando a crise pela qual passa o Brasil, Maurizio preferiu voltar às origens e preparar vários produtos na própria casa.

“Hoje posso afirmar que 90% das massas utilizadas nas duas cantinas são de produção própria. Os cinco tipos de pães que servimos são feitos pelos nossos cozinheiros. Estou indo à Itália buscar uma nova máquina de fazer massas. Foi a forma que encontrei para evitar ter de demitir algum funcionário”, explica o proprietário.

Cozinha Mediterrânea

Entre os ingredientes que não podem faltar na cozinha dos restaurantes Maurizio Gallo, tomate pelado, azeite extra virgem, pão e amor são itens obrigatórios.

“Quando estamos longe de casa ficamos mais ligados às tradições italianas. No gosto brasileiro as massas são mais finas. Os brasileiros privilegiam mais o molho que a pasta. Foi algo a que tive que me adaptar”, conta Gallo.

 

 

Maurizio Gallo mantém vivas as tradições da Itália em suas cantinas em BH

 

Maurizio Gallo mantém vivas as tradições da Itália em suas cantinas em BH

Maurizio Gallo mantém vivas as tradições da Itália em suas cantinas em BH

COMO DEVER SER - Cerca de 90% das massas utilizadas nas duas cantinas Maurizio Gallo são preparadas de forma artesanal e nas próprias unidades, utilizando apenas farinha, ovos, azeite extra virgem e um pouco de água (Fotos: Ricardo Bastos/Hoje em Dia)

 



Receita

MASSA DE FETTUCCINE

Ingredientes
500 gramas de farinha
5 ovos
1 colher de azeite
1 copo com água

Modo de preparo
Em uma tigela média, junte a farinha e o sal. Faça um buraco na farinha, adicione os ovos com clara e gema e misture. Acrescente o óleo. A massa a se formar deve ser dura. Se necessário, acrescente 1 a 2 colheres (sopa) de água e mexa.
Em uma superfície levemente enfarinhada, sove a massa por cerca de 3 a 4 minutos. Com uma máquina de macarrão, ou a mão, abra a massa na espessura desejada. Use uma faca ou um cortador de pizza para cortá-la em tiras de acordo com a largura desejada.

MACARRÃO À CARBONARA ORIGINAL

Ingredientes
4 ovos
250 gramas de bacon em cubos
50 gramas de queijo parmesão
1 pitada de pimenta do reino
1 pitada de sal

Modo de preparo
Bata os ovos com a gema, pimenta, sal e o queijo ralado num refratário até formar uma massa uniforme e reserve. Em uma frigideira dourar o bacon e reservar. Coloque em uma panela cerca de 4 litros de água e adicione 2 colheres (sobremesa) rasas de sal quando começar a ferver. Junte a massa e deixe cozinhar por 5 a 7 minutos.
Após escorrer, junte a massa na panela do bacon com o fogo ligado
Desligue o fogo e misture a massa com os ovos
Servir quente

Dica
Nunca jogue os ovos direto na panela quente do macarrão, pois eles irão cozinhar demais e virar ovos mexidos. Fazendo do jeito explicado acima, os ovos cozinham o suficiente só com o calor do macarrão.


Harmonização
Vinho Borgo SanLeo Chianti
É um vinho extremamente macio, de taninos doces que fazem sobressair as notas florais
Preço: R$ 87

Maurizio Gallo mantém vivas as tradições da Itália em suas cantinas em BH

Cerveja Loba LagerDe cor dourada, tendo baixa fermentação e teor alcoólico de 4,8%, é uma boa opção para essa massa
Preço: R$ 14

Maurizio Gallo mantém vivas as tradições da Itália em suas cantinas em BH


Maurizio Gallo – São Pedro
Av. Nossa Senhora do Carmo, 860
Telefone: (31) 2555-5432
Celular: (31) 98849-0001

Maurizio Gallo – Lourdes
Rua dos Aimorés, 2.305
Telefone: (31) 2514-3020
Celular: (31) 99331-2000