Para quem não gosta de Carnaval e terá pelo menos “Dois dias, uma noite” livres neste fim de semana, basta um pouco de fôlego para conferir, em Belo Horizonte, 12 dos filmes indicados ao Oscar. Será necessário mais de uma “Ida” ao cinema, é verdade, mas nada a que cinéfilos de plantão não estejam habituados.

Com exceção de “Operação Big Hero”, animação dos estúdios Disney, são obras mais dramáticas, sem super-heróis como protagonistas.

Um dos favoritos, “Birdman” até pode lembrar o nome de defensor dos fracos e oprimidos, “Invencível” contra os mais perigosos bandidos, mas é uma crítica divertida ao mundo das celebridades.

Os candidatos deste ano, por sinal, fizeram uma espécie de “Jogo da Imitação”, pois trabalham temas muitos semelhantes, sobre pessoas “Em Busca da Perfeição”, que têm “A Teoria de Tudo”.

Na verdade, estão perdidos nos “Caminhos da Floresta” de pedra, exigente, conservadora e preconceituosa.

Em muitos deles está presente “A Luta pela Igualdade”, como o amor homossexual e o direito dos negros, resultando em “Relatos Selvagens” – como a história de um talentoso baterista que toca até sangrar as mãos devido ao grau de exigência do professor.
 

Assista aos trailers abaixo:

"A Teoria de Tudo"

 

"Selma: Uma Luta pela Igualdade"