LOS ANGELES - O veterano músico de folk americano Richie Havens, cuja guitarra característica e estilo musical o tornaram um dos artistas de maior destaque do festival de Woodstock, em 1969, morreu na segunda-feira (22), aos 72 anos, anunciou seu agente.

Havens "era dotado de uma das vozes mais reconhecíveis da música popular", indicou a agência Roots ao anunciar a morte do artista, destacando seu "ardente, punçante, comovente estilo musical, que permaneceu único e eterno".

O cantor de barba característica, que deixou de fazer turnês há três anos depois de mais de quatro décadas de carreira, faleceu em casa de um ataque cardíaco súbito, segundo a página na internet da revista musical Billboard.

Descrevendo o cantor como "conhecido por seu intenso e rítmico estilo de guitarra e suas comoventes versões de canções pop e folk", a publicação ressaltou ter conseguido um single Billboard Hot 100, com uma versão da canção dos Beatles "Here Comes the Sun".

A canção atingiu o número 16 em maio de 1971. Havens também tinha 13 álbuns que apareceram na famosa lista Billboard 200, inclusive um que esteve no top 40: "Alarm Clock", de 1971, que chegou a alcançar o número 29.

Além de Woodstock, Havens "tocou nos festivais mais famosos que existissem, assim como nos melhores lugares de concertos", inclusive The Isle of Wight, Glastonbury, Royal Albert Hall e o Carnegie Hall, reportou a Billboard.

A publicação também citou um porta-voz do artista, que pediu tranquilidade. "Embora sua família aprecie enormemente que a grande quantidade de fãs de Richie também lamente sua morte, pede privacidade durante estes momentos difíceis".