Cerca de 171 mil pessoas, em 93 municípios mineiros, não conseguem concluir o esquema vacinal contra a Covid-19. Estão com a segunda dose da AstraZeneca atrasada, não porque entram na fila dos “fujões” da vacina mas por causa do estoque zerado. Na Grande BH, um terço das cidades passa por essa situação, abrangendo um universo de 55 mil moradores prejudicados. 

Entre as 12 localidades da região metropolitana sem estoque do produto, Belo Horizonte e Ribeirão das Neves estão à espera de mais de 60% das unidades faltantes. Na capital mineira, são 18 mil cidadãos na fila, enquanto na cidade vizinha são 16,8 mil (confira o quadro do quantitativo por localidade).

De acordo com a Prefeitura de BH, doses recebidas anteriormente foram suficientes para convocar os jovens de 23 anos – último grupo chamado para receber o imunizante – para o reforço na segunda-feira, completando o ciclo vacinal dos maiores de 18 anos.

No entanto, considerando os públicos que ainda precisam ser vacinados com doses da AstraZeneca, a administração municipal solicitou novos lotes, que serão utilizados para ações de repescagem.

A Secretaria de Estado de Saúde informou, em nota, ter pedido ao Ministério da Saúde doses extras da vacina produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para atender às 711 prefeituras que necessitavam do imunizante. Desse total, 618 foram correspondidas em 28 de outubro. Agora, a SES aguarda o recebimento de outra remessa para suprir a demanda dos municípios restantes.

Além disso, a secretaria se apoia em um ofício do governo federal sobre a alteração da ordem prioritária de aplicação das vacinas. De acordo com o documento, o ministério não poderá dispor de quantitativos extras, tendo em vista os cronogramas de entrega dos laboratórios.
“A SES reitera a importância de que todos os municípios sigam as recomendações do Ministério da Saúde quanto à disponi-bilização de doses da vacina contra a Covid-19 para a população, evitando eventuais faltas de vacinas”.

Ponto a Ponto

Veja de quantas doses da AstraZeneca municípios da Grande BH precisam:

BH: 18.020
Betim: 4.790
Contagem: 6.220
Esmeraldas: 3.650
Ibirité: 585
Igarapé: 495
Nova Lima: 945
Raposos: 410
Ribeirão das Neves: 16.870
Santa Luzia: 1.970
São Joaquim de Bicas: 150
São José da Lapa: 827
Total: 54.932

Mais vacinas

Nesta terça-feira, mais 112 mil doses de Pfizer chegaram a Minas Gerais para aplicação da terceira dose na população idosa. Outras 432 mil unidades, recebidas no domingo, já começaram a ser distribuídas para as Unidades Regionais de Saúde.

A nova remessa faz parte do 66º lote de vacinas contra o coronavírus. Os imunizantes foram transportados para a Central Estadual da Rede de Frio, em Belo Horizonte, e serão distribuídos para as URSs a partir desta quarta-feira. 

Leia mais:
Para 80% dos brasileiros, a pandemia fez aumentar preocupação com acesso à saúde, aponta pesquisa
Sete Lagoas está em situação de alerta para epidemia de dengue em 2022