O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou na manhã desta terça-feira (28) que a campanha de vacinação com doses de reforço contra a Covid-19 será ampliada para pessoas acima de 60 anos. Entram nesse grupo somente os que tomaram a segunda dose há mais de 6 meses no Brasil. 

Durante evento que comemora os mil dias de governo do presidente Jair Bolsonaro, Queiroga aparece em um vídeo, feito direto do hotel em que está isolado nos Estados Unidos, dizendo que cerca de 7 milhões de pessoas serão vacinadas a partir dessa nova etapa da campanha de reforço. 

“Além dos idosos com mais de 70 anos e os profissionais de saúde que já foram anunciados como contemplados com o reforço, agora, o Ministério da Saúde vai atender aqueles com mais de 60 anos”, disse.

Rodrigo Cruz participou presencialmente do evento, como ministro interino, em João Pessoa, na Paraíba. 

Avanço

Até agora, o Ministério da Saúde havia anunciado a dose de reforço para imunossuprimidos, profissionais de saúde e pessoas com 70 anos ou mais.

Leia mais:
Presidente do BNDES diz que país tem desafio de combater desigualdade
Minas recebe quase 600 mil doses de imunizantes contra a Covid da Pfizer e AstraZeneca nesta terça