Um abatedouro clandestino de suínos foi mulltado e interditado em Catas Altas da Noruega, na região Central de Minas Gerais, na manhã de quarta-feira (13), após operação de fiscalização do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), com apoio da Polícia Militar (PM).

De acordo com a PM, foram flagrados durante a ação a queima irregular de ossadas e vísceras a céu aberto, e ambiente de desossa em condição insalubre. A multa aplicada foi de R$ 2.958.

O responsável pelo abatedouro fazia desossa, serragem e repartição dos suínos em uma bancada, com nenhum cuidado sanitário. O homem disse que os cortes eram vendidos para moradores das redondezas.

N/A

Ainda segundo os militares, quando perguntado sobre a destinação dos restos, o proprietário disse que um caminhão recolhia as ossadas e vísceras. Porém, a fiscalização localizou queima de resíduos a céu aberto, além de pedaços de carne armazenadas de forma irregular em três freezers. A estrutura não tinha câmara fria.

(*) Especial para o Hoje em Dia 

Leia mais:
Pai infarta e morre ao saber que filho levou tiro na boca, em Barão de Cocais
Corpo de motorista de aplicativo é encontrado na Serra do Rola-Moça