A fiscalização do exame toxicológico periódico de motoristas com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E - com vencimento entre março e junho deste ano - já está valendo. Em todo o Brasil, há quase 5 milhões de condutores habilitados.

Quem não estiver com o exame em dia, de acordo com as novas regras do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), pagará multa de R$ 1.467,35, além de ser punido com 7 pontos na carteira (infração gravíssima) e a suspensão do direito de dirigir por três meses.

O Contran divulgou uma tabela com as datas e os prazos limites (clique aqui).

Veja vídeo de como proceder para a realização do exame toxicológico:

Leia mais:
Motorista sem exame toxicológico será multado em R$ 1.467,35 a partir desta quinta em todo Brasil
Policial rodoviário federal é esfaqueado ao abordar motociclista em Contagem, na Grande BH
Zema afirma que está pronto projeto para retirar Detran da Polícia Civil em Minas