Os primeiros dias de 2021 foram marcados por tragédias e mortes causadas por afogamentos e enxurradas. Pelo menos sete pessoas morreram nessas condições e o número pode subir para oito. Na sexta-feira (1º), Dois amigos, moradores de Nova Lima, na Grande BH, morreram afogados nessa sexta-feira (1º) na Praia do Forte, em Cabo Frio, litoral do Rio de Janeiro. Dênis Nogueira, de 22 anos, e Fabiano Oliveira, de 23, estavam na cidade para passar o Réveillon com outras duas pessoas.

Testemunhas relataram que Fabiano teria começado a se afogar e o amigo foi tentar resgatá-lo. Os corpos devem ser liberados do Instituto Médico-Legal (IML) neste sábado e, em seguida, levados para Nova Lima, onde serão sepultados.

No sábado, duas mulheres morreram após serem arrastadas por uma cabeça d’água em uma cachoeira em Capitólio, no Sul de Minas Gerais. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as duas vítimas ainda não foram identificadas e os corpos foram levados para uma funerária em Alvinópolis.

Dezesseis pessoas foram socorridas após o incidente, sendo 11 delas foram retiradas por helicóptero e outras cinco pelas equipes em terra. Uma delas apresentava fratura de pelve e perna, além de traumatismo craniano.

Ela foi conduzida para a Santa Casa de Passos. Durante este domingo, os Bombeiros retomaram as buscas pelo corpo de um rapaz de 23 anos, que segundo uma das pessoas resgatadas, teria sido visto boiando e sendo arrastado pela correnteza sem nenhuma reação. A corporação não descarta a possibilidade de outra pessoa ter morrido no incidente. |As buscas foram encerradas por volta das 18h30 e serão retomadas nesta segunda-feira (4).

Também no sábado, um homem de 37 anos desapareceu após escorregar e cair no rio Cipó, em Santana do Riacho, na região Central do Estado. O corpo da vítima foi encontrado pelos Bombeiros na manhã deste domingo (3). De acordo com os informações de um amigo da vítima, os dois estavam caminhando pelas margens do rio quando a vítima escorreu e desapareceu. O local, que fica na região da Serra do Cipó possui diversas cachoeiras e é de difícil acesso. 

Bicicleta e moto

Ainda neste sábado, um garoto de 13 anos morreu após ser arrastado pela chuva enquanto andava de bicicleta na rua Líbero Badaró, no bairro Santa Rosa, na região da Pampulha.  A intensidade da enxurrada arrastou a bicicleta que só parou sob um veículo estacionado na rua. Bombeiros conseguiram acessar a criança, mas ela já estava inconsciente, provavelmente asfixiada pela água.

Além disso, na noite de sexta-feira, Roberto Carlos Barbosa, de 51 anos, o ex-jogador de futebol “Betinho Muxiba”, conduzia uma motocicleta em uma ponte alagada, em São João do Glória, Zona da Mata, quando foi arrastado pela enxurrada. O corpo foi encontrado a um quilômetro do trajeto da água, em uma área de várzea.