Os bombeiros permanecem, na tarde deste domingo (3), à procura do corpo de mais uma vítima de uma “cabeça d’água” (elevação repentina do rio, ocasionada por chuvas) registrada em uma cachoeira em Capitólio, na região Sul de Minas Gerais.

De acordo com a corporação, os mergulhadores procuram por um rapaz, de aproximadamente 23 anos, que conforme o relato de uma das vítimas resgatadas, teria sido visto boiando e sendo levado pela correnteza sem nenhuma reação. Bombeiros não descartam a possibilidade de haver uma segunda vítima, também ainda não encontrada. 

As buscam foram retomadas na manhã deste domingo. Seis militares, duas viaturas e o helicóptero Arcanjo dão suporte às buscas. Os Bombeiros se dividem nas buscas pelo rio, com mergulhadores, por terra e por via aérea.

Ontem, dezesseis pessoas foram socorridas após o incidente, sendo 11 delas foram retiradas por helicóptero e outras cinco pelas equipes em terra. Uma delas apresentava fratura de pelve e perna, além de traumatismo craniano. Ela foi conduzida para a Santa Casa de Passos. Dois corpos foram encontrados pelos Bombeiros até o momento. São de duas mulheres, ainda não identificadas. Elas foram entregues à funerária São Vicente, em Alpinópolis.

Neste domingo, o Corpo de Bombeiros divulgou um vídeo nas redes sociais em que instrui as pessoas sobre quais procedimentos tomar quando estão em trilhas e cachoeiras e são surpreendidas por chuvas.

Assista: