O primeiro dia completo de folia em Belo Horizonte começou cedo. Desde às 4h, integrantes do Então, Brilha!, tradicional bloco do sábado estão na rua Curitiba, no centro da capital, onde o cortejo vai seguir até a praça da Estação. Ao todo, 58 blocos saem na capital neste sábado (22).

Na região da Pampulha, o Tchanzinho da Zona Norte, com concentração marcada para as 10h, estreia num novo palco e local. O grupo saiu do entorno da estação Primeiro de Maio e em 2020 vai fazer o cortejo na avenida Antônio Abrahão Caram, no bairro São José. No repertório, clássicos do axé, hits que fizeram sucesso nos anos 80 e 90 e, como de costume, predomínio do amarelo.

À tarde, os destaques ficam por conta do Axé nas Gerais, bloco que traz para a avenida Guarapari, no bairro Santa Amélia, região da Pampulha, características do carnaval de Salvador (BA). Trio elétrico, abadás e bandas locais comandam a folia. A concentração está marcada para as 14h e o público é de todas as idades.

Já no Novo Glória, região Noroeste, o som que vai embalar os foliões é o clássico rock and roll. Saindo pela primeira vez em 2020, bloco Sr. Rock vai concentrar a partir das 16h na rua João Ferreira Cardoso e circular pelo bairro com clássicos do ritmo.

A programação completa de blocos você encontra clicando aqui.

Para quem prefere os palcos oficiais, hoje tem apresentações durante todo o dia nos espaços montados na rua G, no bairro Confisco, região da Pampulha, na rua da Passagem, na Serra, região Centro-Sul e na rua José Félix Martins, no bairro Mantiqueira, região de Venda Nova. Djs e bandas locais, com axé, samba, funk e dança estão na programação, que você confere aqui

Metrô e ônibus

Com a demanda alta durante o Carnaval, o metrô vai funcionar em esquema diferenciado. Não só neste sábado (22), mas nos próximos três dias, a estação Central ficará aberta até 1h. As outras estações ficam abertas apenas para desembarque.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), que administra o metrô de BH orienta que, para evitar filas e transtornos, o usuário compre os bilhetes no caminho de ida para a folia, já que na volta, muitas pessoas tentam usar a estação Central e a demanda fica alta. Na estação Central, não haverá recargas de cartão BHBUS, para que as filas fiquem agilizadas. Nas demais estações, as recargas acontecem normalmente.

Por toda a cidade 261 pontos de ônibus foram desativados ou alterados de lugar pela BHTrans. Por isso, a orientação da empresa de transporte é que o usuário vá e volte na mesma linha de ônibus. Assim, na ida ele consegue já saber onde pode pegar o ônibus para a volta. Todas as alterações estão afixadas em cartazes nos pontos e também no SiuMobile, aplicativo oficial de ônibus de BH.

O Move vai operar 24 horas. As estações Rio de Janeiro, São Paulo, Tamóios, Carijós e as de transferência das avenidas Cristiano Machado, Antônio Carlos, Pedro I e Vilarinho, só vão estar fechadas quando os blocos estiverem passando perto delas. De resto, os ônibus circularão normalmente.

Para saber todos os pontos ativados e desativados durante os quatro dias do Carnaval, clique aqui.

O foliônibus, coletivo colorido gratuito, neste ano roda na regiões Centro-Sul e na Pampulha. Ao todo, 35 veículos circularão entre 9h e 20h, de sábado (22) até terça-feira (25). Os passageiros da Pampulha, no entanto, devem ficar atentos. No domingo, os coletivos não vão fazer o trajeto na região. De acordo com os organizadores e patrocinadores da festa, os veículos terão saída a cada 15 minutos.

Confira abaixo o trajeto completo das três rotas.

Rota 1 – Centro/Barro Preto/Savassi/Santa Tereza (Via Contorno)
Itinerário: Av. do Contorno (Estação Lagoinha), Av. do Contorno, Rua Raul Mendes, Rua Bueno Brandão, Rua Hermílio Alves, Av. do Contorno, Retorno na Ponte da Rua 21 de Abril (Rodoviária), Av. do Contorno (Estação Lagoinha).

Rota 2 – Centro/Savassi/Floresta (Via Bahia e Contorno)
Itinerário: Av. do Contorno (Estação Lagoinha), Rua Rio Grande do Sul, Rua dos Tupinambás, Rua Curitiba, Av. Bias Fortes, Rua da Bahia, Av. do Contorno, Vdt. da Floresta, Av. do Contorno (Estação Lagoinha).

Rota 3 – Pampulha/Mineirão
Itinerário: Alça de ligação da Av. Dom Pedro I / Av. Portugal entre Rua Canárias e Av. Portugal, Alça de retorno exclusivo de ônibus em frente a Estação Pampulha, Rua Cheik Nagib Assrauy, Av. Dom Pedro I, Barragem da Pampulha, Av. Otacílio Negrão de Lima, Retorno na rotatória da Av. Chaffir Ferreira, Av. Otacílio Negrão de Lima; Av. Santa Rosa, Av. Pres. Antônio Carlos, Av. Mal. Esperidião Rosa (retorno), Av. Pres. Antônio Carlos; Av Pedro I , Alça de ligação da Av. Dom Pedro I / Av. Portugal, Av. Portugal, Rua do Mel, Rua das Canárias (dir.),Alça de ligação da Av. Dom Pedro I / Av. Portugal entre Rua Canárias e Av. Portugal.

Ruas interditadas

Seja na região central, que concentra a maioria dos blocos da cidade, ou nas regionais, onde palcos oficiais e cortejos desfilarão, ruas precisaram ser fechadas. Os bloqueios não funcionam 24 horas, exceto no centro. Confira abaixo o mapa com todas as interdições no hipercentro de BH.

Para saber qual rua está fechada em sua região ou no bairro de seu interesse, clique aqui.

Mapa de ruas interditadasclique para ampliar

 

Leia Mais:
Conheça os 15 blocos que vão desfilar com carros de som 'doados' por centrais sindicais
Transporte de graça no Carnaval: saiba as três rotas por onde o foliônibus vai passar em BH
Bloquinhos, palcos de shows e ônibus de graça: veja a programação do Carnaval de BH