Um adolescente de 16 anos foi conduzido pela Polícia Militar nesta terça-feira (2) após ser flagrado com um simulacro de arma de fogo em uma escola estadual de Montes Claros, na região Norte de Minas Gerais.

Segundo o boletim de ocorrência, os militares estavam em patrulhamento de rotina pela escola quando foram informados de que dois alunos estavam fora de sala de aula em atitude suspeita nos fundos do prédio e resistiam ao serem chamados para voltar. Ao chegarem ao local, os policiais abordaram um deles, que tentou jogar fora o simulacro de arma de fogo. O objeto, no entanto caiu na quadra da escola, onde foi encontrado por uma testemunha que o entregou à diretora da escola.

Ao ser indagado sobre a posse do simulacro, o adolescente afirmou que o carregava porque um outro rapaz conhecido como Abacatão o ameaçava de morte por causa de uma dívida de drogas.

A diretora da instituição contou à PM que o jovem tem apresentado problemas de comportamento, gerando desgaste para os professores. Segundo a mulher, ele se recusa a ficar em sala de aula e responde com tom ameaçador sempre que lhe é chamada a atenção. No boletim de ocorrência, os militares ainda relataram que perceberam outros alunos têm receio do rapaz e que o motivo pelo qual ele carregava o simulacro era para intimidar os colegas.