Concluída na tarde desta quinta-feira, a nova fase da Operação Alerta Vermelho do Corpo de Bombeiros vistoriou 350 estabelecimentos em Belo Horizonte e outros 2100 no interior para orientar os comerciantes a respeito de medidas de segurança contra incêndios. Desta vez, os alvos das vistorias foram farmácias, padarias, pizzarias e churrascarias. 

A ação tem como objetivo orientar os comerciantes sobre medidas de segurança contra ocorrências de incêndio e acidentes. 

Quando são constatadas irregularidades, os bombeiros dão um prazo para que medidas sejam tomadas e as condições de segurança regularizadas. Após o prazo estipulado, uma nova vistoria é feita e, então, o responsável pelo imóvel pode ser notificado. Desde 2017, cerca de 20 mil locais já foram visitados. Na operação desta quinta-feira (25), foram empenhados mais de 700 militares que se dividiram em 268 equipes distribuídas em todas as regiões do Estado.

Prevenção

Descuidos em instalações elétricas provisórias, produtos muito próximos a painéis elétricos, equipamentos de refrigeração sem a devida manutenção, entre outros fatores, tornam os estabelecimentos ambientes suscetíveis a incêndios e acidentes. Além disso, a grande circulação de pessoas exige normas para minimizar os riscos de incêndios e pânico para funcionários e clientes.

 

Leia mais:
Alerta Vermelho: farmácias, padarias e pizzarias são alvos de vistoria do Corpo de Bombeiros