Comprar carne suína ou bovina em Belo Horizonte e região metropolitana voltou a ficar mais caro nos últimos 21 dias. Um levantamento feito pelo site Mercado Mineiro mostra que o consumidor está pagando até 12,36% a mais pelo produto. Estável, apenas o preço da carne de frango, que chega a ter queda de 4,72%. 

Segundo a pesquisa, que foi realizada entre 25 e 27 de novembro em 39 estabelecimentos da Grande BH, o filé mignon foi o principal vilão, passando de R$ 57,82 para R$ 64,91 o quilo, um aumento de 12,36%. 

Em relação à carne de porco, o maior aumento foi registrado no quilo do lombo inteiro, que saltou de R$ 19,36 para R$ 20,83, um aumento de 7,58%. 

Já a carne de frango aparece em queda. “O quilo de pé de frango caiu de R$ 7,45 para R$ 7,10, uma queda de 4.72%. A coxa e sobrecoxa passou de R$ 12,88 para R$ 12,73, uma pequena queda de 1,20%”, diz o estudo. 

Variações

Entre os estabelecimentos pesquisados, é possível encontrar variações de até 183% no valor das carnes, como no caso do quilo da fraldinha, que pode ser encontrado de R$ 29,99 até R$ 84,95. Já o quilo de contra filé pode custar entre R$38,95 a R$79,95 (105%) e o de filé mignon de R$ 43,99 a R$ 95,90 (118%). 

“No Porco, o quilo da bisteca pode custar de R$ 13,99 até R$ 44,95, uma diferença de 221%. O quilo da costelinha custa de R$16,95 até R$34,95, uma diferença de 106%. Já o quilo do lombinho pode ser encontrado por R$ 14,99 até R$ 29,99, uma diferença de 100%”, informou. 

No frango, a variação chega a 229% no quilo pé de frango, que pode ser encontrado com valores entre R$ 4,25 e R$ 13,99. Veja a pesquisa completa aqui.

Leia mais:
França detecta cepa alta transmissão da gripe aviária em granja
Versátil, a cachaça pode ser usada em drinks e comidas salgadas; aprenda receitas com a bebida
Para funcionar corretamente, a dieta low carb precisa de acompanhamento profissional; confira dicas