Em avanço em Minas Gerais, a variante Delta do coronavírus já contaminou 1.831 pessoas até a manhã deste sábado (27), segundo dados atualizados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). Por aqui, a cepa foi responsável pela morte de 42 pessoas, sendo sete em Belo Horizonte. 

Em Minas, o primeiro caso foi identificado em 22 de maio deste ano. Desde então, 5.814 amostras foram submetidas a análise de caracterização genética do vírus. No total, 189 cidades já registram ao menos uma notificação da mutação, considerada mais transmissível em relação à cepa original da doença. 

Segundo o painel que monitora a enfermidade no Estado, a capital mineira é a cidade com mais casos confirmados: 277. Na sequência aparece Juiz de Fora, na Zona da Mata, com 204. 

Óbitos

O número de óbitos ocasionados pela cepa se manteve estável no Estado. Dos 42 registrados até o momento, um corresponde a um paciente residente em São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Os demais estão distribuídos nos municípios de Belo Horizonte (7), Cabeceira Grande (1), Cantagalo (1), Caratinga (2), Catuji (1), Claro dos Poções (1), Contagem (2), Felisburgo (1), Ibirité (1), Igarapé (1), Itabirito (1), Itajubá (1), Iturama (1), Juiz de Fora (10), Lavras (1), Leopoldina (1), Manhumirim (1), Mar de Espanha (1), Montes Claros (1), Natalândia (1), Paracatu (1), Piraúba (1), Rio Novo (1) e Uberaba (1).

As mortes ocorreram em pessoas de 26 a 91 anos, sendo 22 mulheres e 20 homens. Um óbito foi registrado em julho, sete em agosto, 25 em setembro e três em outubro. Seis casos não apresentaram registros da data de evolução. 

Dentre esses pacientes, seis não haviam sido vacinados. Dez apresentavam esquema vacinal incompleto, sendo 9 com comorbidades. Outras 20 pessoas já haviam sido vacinadas com duas doses. Dessas, 16 apresentavam alguma doença crônica.

Leia mais:
Minas confirma 14 óbitos e mais de 1.200 novos casos de Covid em 24 horas
Contagem tem 'Dia D' de vacinação contra a Covid neste sábado; veja endereços
Não há casos da nova variante Ômicron no Brasil, diz Ministério da Saúde