Uma mulher de 45 anos foi presa na manhã desta quarta-feira (27), suspeita de injúria racial contra um homem, de 32. O crime aconteceu por volta das 9h30, em uma lanchonete na rua Guaicurus, no Centro de Belo Horizonte.

A denúncia foi feita pela vítima a uma equipe da Guarda Municipal, que fazia patrulhamento pelo bairro. De acordo com corporação, ele disse que trabalha em um hotel na rua Guaicurus e tinha ido até uma lanchonete ao lado do trabalho para fazer um lanche.

Assim que entrou no local, o homem contou à GM que a autora logo começou a ofendê-lo, chamando a vítima de "preto" e dizendo que ele não poderia frequentar o local. Testemunhas também procuraram os guardas para denunciá-la, mas a mulher não se importou e permaneceu no local,  após a discussão.

Autora, vítima e uma testemunha foram conduzidos pelos agentes para a Central de Flagrantes II da Polícia Civil (Ceflan II), no bairro Floresta, região Leste de BH. Em nota, a PC confirmou que recebeu a ocorrência e autuou a mulher por injúria qualificada. E disse que a investigação segue em andamento e a conclusão será encaminhada para a Justiça.

Leia mais:
Minas anuncia ensino médio em tempo integral em mais 210 escolas da rede estadual
Veja o que abre e fecha em BH nesta quinta, Dia do Servidor Público; PBH decretou ponto facultativo