Pelo menos 57 chamados relacionados às chuvas foram atendidos em apenas 24 horas pelo Corpo de Bombeiros, em todo o Estado. Os registros foram feitos entre 6h da manhã de segunda-feira (18) e 6h desta terça (19). 

De acordo com a corporação, a maior parte das ocorrências eram relacionadas à áreas com risco de alagamento, enxurradas, deslizamentos, remoção de árvores caídas em ruas e salvamento de pessoas ilhadas. O Corpo de Bombeiros informou que, até o momento, não há confirmação de vítimas em ocorrências relacionadas às chuvas. 

Em Belo Horizonte, no bairro Padre Eustáquio, o andaime de uma obra e um muro caíram e derrubaram um poste da rua Carioca. Os bombeiros foram chamados e a rua foi interditada pelo risco que fios arrebentados poderiam causar aos pedrestres. Na manhã desta terça, uma equipe da prefeitura trabalhava no local para remoção dos escombros e liberação da via.

Ouro Preto

Em Amarantina, distrito Ouro Preto, o Rio Maracujá elevou o volume de água na noite de segunda, alagando vias e afetando residências e comércios da cidade. De acordo com a prefeitura de Ouro Preto, uma tromba d’água atingiu a região de Cachoeira do Campo e, em pouco tempo, foram registrados aproximadamente 200mm de chuva.

Os bombeiros estiveram no local e auxiliaram famílias que estavam ilhadas. De acordo com a corporação, não houve registro de vítimas na região. 

Rio Ouro Preto

Leia também:

Após temporal, todas as regiões de BH correm risco de deslizamentos de terra, alerta Defesa Civil
Defesa Civil alerta para temporal de até 40 mm e rajadas de ventos de 50 km/h nesta terça em BH