Foi identificada nesta quarta-feira (6) mais uma vítima do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, na Grande BH. Em entrevista coletiva, a Polícia Civil confirmou que trata-se de uma mulher encontrada no dia 5 de agosto. Outro corpo, encontrado recentemente, no sábado (2), ainda está sob análise dos investigadores.

De acordo com as informações divulgadas pela PC, a vítima é Angelita Cristina Freitas de Assis. Ela tinha 37 anos na época do rompimento, era casada e trabalhava como técnica de enfermagem do trabalho. 

Os investigadores da Policia Civil afirmam que os segmentos de corpo que vêm sendo tratados estão em fase de esqueletização, com partes saponificadas (fenômeno que transforma o cadáver a ponto de conservá-lo na decomposição). De acordo com o médico legista do setor de antropologia forense do IML, Ricardo Moreira de Auarújo, as condições correspondem ao tempo passado após a tragédia.

Relembre

A barragem se rompeu em janeiro de 2019, provocando a morte de 270 pessoas. Com a nova identificação, oito vítimas continuam desaparecidas. Veja os nomes:

  • Cristiane Antunes Campos
  • Lecilda de Oliveira
  • Luis Felipe Alves
  • Maria de Lurdes da Costa Bueno
  • Nathalia de Oliveira Porto Araujo
  • Olimpio Gomes Pinto
  • Tiago Tadeu Mendes da Silva
  • Uberlandio Antonio da Silva

Leia mais:
Nova flexibilização aumenta capacidade de atendimento do comércio de BH; confira regras
Kalil sanciona auxílio emergencial de até R$ 1,2 mil para BH; veja quem pode receber