Policiais penais do presídio Alvorada, em Montes Claros, no Norte de Minas, encontraram um aparelho celular escondido dentro de um sapo, que foi arremessado na direção da unidade prisional da tarde desta terça-feira (21). 

"Os policiais ouviram um barulho de algo sendo arremessado e, ao verificarem, encontraram o animal em cima do telhado de uma marcenaria que faz limite com o presídio. Desconfiados, abriram o animal e encontraram o objeto", informou a Secretara de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

O sapo estava com a boca costurada e o telefone estava envolto em uma sacola plástica.

Ainda de acordo com a Sejusp, um boletim de ocorrência foi registrado e o material apreendido foi encaminhado para a Polícia Civil. Além disso, um procedimento administrativo interno também será aberto. 

“Neste caso, por exemplo, os procedimentos de ronda, que são realizados de forma contínua, permitiram a apreensão do ilícito”, afirma. “Trabalhamos diariamente para coibir a entrada desses objetos em nossas unidades. Temos equipes preparadas para atuar e impedir cada vez mais a presença de materiais proibidos”, concluiu.

Leia Mais:
Casa é destruída em incêndio nas proximidades de clube da região Leste de BH
Transmissão da Covid-19 volta a subir em Belo Horizonte e atinge novamente a taxa de 1,08