Minas Gerais tem 415 casos da variante Delta do novo coronavírus. Ao todo, 109 cidades confirmaram a presença da cepa mais transmissível em amostras analisadas. Um novo balanço foi publicado nesta terça-feira (21) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

O número de mortes provocadas pela mutação do vírus ainda não foi atualizado. No último levantamento, eram sete óbitos.  

Ainda de acordo com a SES, a variante está mais presente em Juiz de Fora, na Zona da Mata, com 57 registros. Logo depois, vem Belo Horizonte, com 46. A cepa é a que mais cresce na capital, e já representa 60% das notificações de Covid-19.

Devido ao risco maior de contágio, especialistas reforçam a importância da segunda dose da vacina e também do reforço, a terceira, para os públicos já convocados.

Variante Mu

Em relação à variante Mu, que chegou ao Brasil nas últimas semanas, não houve mudança nas notificações. São sete casos, sendo dois em Guanhães e três em Virginópolis, na região Leste, e dois em Braúnas, no Vale do Rio Doce. Não há mortes.

Leia mais:
Minas registra 1.534 casos e dez mortes por Covid-19 em 24h
BH aplica segunda dose da vacina contra Covid em moradores de 51 anos nesta terça