Oito caixas com os documentos da concessão de ônibus de Belo Horizonte e que estavam sumidas foram entregues na Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) na tarde desta segunda-feira (13). O material pode ajudar nos trabalhos pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), em andamento na Câmara Municipal, que apura irregularidades no serviço de transporte coletivo na capital.

"A BHTrans informa que, desde janeiro de 2021, buscava os documentos da licitação de transporte público de 2008, e somente na noite da última sexta-feira, 10 de setembro, foram localizadas oito caixas contendo a documentação referente ao processo, na empresa que faz a guarda documental", informou em nota a prefeitura da capital. 

Quem entregou o materail foi um ex-gerente da empresa de transporte e trânsito, já exonerado. "As responsabilidades serão apuradas e a BHTrans vai abrir processo administrativo contra os responsáveis", complementou a administração municipal.

Ainda de acordo com o comunicado, a autarquia está fazendo também um boletim de ocorrência na Polícia Civil e registrará uma notícia crime no Ministério Público Estadual. "As caixas com os documentos serão arquivadas no cofre do Centro de Operações da Prefeitura para posterior análise da CPI, Polícia Civil e Ministério Público". 

CPI

Aberta em maio deste ano, a CPI da BHTrans está em andamento na Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH). Os vereadores investigam fraudes em contratos das empresas de ônibus de 2008 e na auditoria realizada em 2018. Os trabalhos são pautados em investigações do Ministério Público de Contas.

Nesta segunda-feira (13), o Projeto de Lei que extingue a BHTrans foi aprovado, em 1º turno, na Casa. Com 37 votos a favor e três contra, o PL também prevê criação do Sumob (Superintendência de Mobilidade do Município de Belo Horizonte), que vai substituir a empresa. 

Pela proposta, a Sumob terá autonomia orçamentária, financeira, técnica, funcional, administrativa e poder de polícia, ou seja, vai poder emitir multas de trânsito.

Leia Mais:
Transmissão da Covid-19 dá um salto e chega a 0,93 em BH; ocupação de leitos registra queda
Motorista inabilitado e bêbado é preso por atropelar adolescente cadeirante e outras três pessoas
Preço médio do gás de cozinha sobe 26% em seis meses, e chega a R$ 125 em BH