Um homem suspeito de tentar matar a ex-companheira a tiros em Manhuaçu, na Zona da Mata, foi preso nesta sexta-feira (3). O crime ocorreu em 2019.

Segundo a Polícia Civil, o autor tentou atirar contra a vítima, que conseguiu segurar o cano da arma e evitar a agressão. Em seguida, ele fugiu e se escondeu por dois anos, mudando constantemente de endereço. 

Mas, após investigação, a polícia localizou o suspeito na zona rural da cidade e passou a monitorá-lo, inclusive, com uso de drones. Uma força-tarefa foi organizada, como parte da operação  Agosto Lilás - desencadeada em todo o estado para combater a violência contra a mulher - e ele foi preso  no interior de uma lavoura, em uma comunidade conhecida como Córrego da Prata.

Preso em Manhuaçu por tentativa homicídio