Um homem de 42 anos foi preso em Contagem, na Grande BH, na noite deste sábado (28), suspeito de matar a ex-mulher no bairro Madre Gertrudes, na região Oeste de Belo Horizonte. O corpo foi encontrado em estado de decomposição e o crime teria sido cometido há cerca de três dias.

Segundo a Polícia Militar, um vizinho sentiu falta da vítima, de 37 anos, e foi até a casa dela. Como a mulher não respondeu aos chamados, ele procurou o dono do imóvel, que usou uma chave reserva para abrir o local. 

A vítima foi encontrada sobre a cama enrolada em um lençol. No corpo havia marcas de violência, como escoriações no rosto e braços, e marcas nos pulsos.

O dono da casa contou aos militares que havia alugado o imóvel para o casal há cerca de dois meses. Um vizinho disse que viu os dois juntos na noite de 19 de agosto, e que, na última terça-feira (24), ouviu gritos de socorro vindos da residência.

Ainda conforme a PM, a vítima já havia registrado dois boletins de ocorrência contra o autor e era acompanhada pela Patrulha de Prevenção à Violência Doméstica (PPVD).

O suspeito foi preso no bairro Inconfidentes, em Contagem. Ele negou o crime e disse que teve o último contato com a vítima há três semanas e que havia terminado o relacionamento há um mês após ter descoberto uma traição da companheira. 

O corpo da mulher foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML).