A umidade relativa do ar entrou em estado de perigo nesta segunda-feira (23). Segundo o boletim publicado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a umidade do ar pode variar entre 12% e 30% em diversas regiões de Minas, até as 20h. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o ideal é que a umidade fique entre 60% e 80%. O tempo seco é prejudicial à saúde, podendo causar desconforto nos olhos, boca e nariz e ressecamento da pele. Além disso, aumenta o risco de incêndios florestais. 

No boletim do Inmet, o alerta laranja prevê a umidade entre 12% e 20%, abrangendo as regiões Sul/Sudoeste de Minas, Campo das Vertentes, Central Mineira, Triângulo Mineiro/Alta Paranaíba, Oeste, Noroeste e Norte de Minas. 

Na zona em estado de alerta amarelo, a variação da umidade é de 20% a 30%, e engloba as regiões Central Mineira, Zona da Mata, Vale do Rio Doce, Sul/Sudoeste de Minas, Campos das Vertentes, Metropolitana de Belo Horizonte, Vale do Jequitinhonha, Norte, Oeste e Noroeste de Minas.

Durante os períodos secos, é recomendado beber bastante líquido, evitar praticar exercícios físicos e exposição solar, hidratar a pele e umidificar o ambiente.

Leia mais: 

Suculentas têm vendas triplicadas nesta pandemia, por serem fáceis de cuidar, duradouras e variadas
Saiba como acessar a segunda via do comprovante de vacina contra Covid
Brechós para todo lado: pandemia e consumo consciente turbinam mercado de roupas e acessórios usados