Após bater 100% nessa terça-feira (3), a ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) públicas exclusivas para casos de Covid-19 caiu para 99% em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, nesta quarta (4), e segue em estado de emergência. As informações são do boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura.

O documento também mostrou que a taxa de uso geral dos leitos de UTI, ou seja, de vagas destinadas a todas as enfermidades, também na rede municipal, alcançou 99% na mesma data. Apesar do colapso, o município da macrorregião Triângulo do Norte está posicionado na Onda Amarela do programa Minas Consciente, do governo estadual - nível intermediário de restrições.

Na atualidade, Uberlândia tem 466 pessoas internadas nas redes pública e privada. Desse total, 212 estão em UTI's e 254 em enfermarias dos dois sistemas. A reportagem solicitou o quantitativo relacionado exclusivamente às unidades públicas, que bateram 100% nessa terça, mas a prefeitura informou que fará uma coletiva sobre o tema nesta quinta (5).

Ainda conforme a administração municipal, a área ambulatorial das Unidades de Atendimento Integrado (UAI's) conta com 52 leitos de emergência com estrutura semelhante às UTI's, ou seja, com respiradores, monitores, medicamentos de alta complexidade, equipe médica e de enfermagem. Nesta quarta, apenas 24 dessas 52 unidades estão vagas.

Até essa terça, o município já havia registrado 112.379 casos confirmados e 2.796 óbitos por Covid desde o início da pandemia. O Hoje em Dia também procurou a Secretaria de Estado de Saúde (SES) para obter um posicionamento sobre a situação da cidade, e aguarda retorno.

Leia mais:
Depois de dois dias de estabilidade, taxa de transmissão da Covid volta a subir em BH
Kalil visita centro de pesquisa da vacina SpiNTec da UFMG na quinta-feira (5)
Veja 9 dicas para presentear no Dia dos Pais sem desequilibrar as finanças