Com o fim do recesso escolar, alunos da rede estadual de ensino retornam às aulas presenciais a partir desta terça-feira (3) em Minas. A retomada também é marcada pela ampliação das atividades escolares híbridas para um número maior de estudantes, alcançando todas as regiões do Estado.

Com o início do 3º bimestre, nas unidades de ensino dos municípios inseridos nas ondas amarela ou verde Minas Consciente, além das turmas dos anos iniciais – 1º ao 5º ano –, e 9º do fundamental e 3º do ensino médio, que já haviam sido autorizados a retornar, também se juntam o 8º ano (fundamental) e 2º ano (médio). No caso do Tempo Integral, retornam os estudantes do 2º e do 3º ano.

Também estão autorizadas a voltar às salas as turmas dos últimos períodos/semestres dos cursos profissionalizantes e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Com este novo passo, a rede estadual passa a contar com 1.384 escolas reabertas. Confira a lista aqui

Com as atualizações nas ondas do Plano Minas Consciente da última quinta-feira (29), todas as regiões do Estado seguem aptas para o retorno, desde que não tenha impedimento por parte da prefeitura da localidade. A retomada, segundo a subsecretária de desenvolvimento da Educação Básica da SEE/MG, Izabella Martins, tem sido feita observando todos os protocolos e garantindo a segurança dos estudantes.

“Este é um momento importante para a nossa rede, pois, graças aos cuidados e a preparação das escolas, estamos conseguindo acolher a comunidade escolar. Mais que isso: está sendo possível avançar e incluir mais anos escolares na possibilidade da retoma das atividades presenciais”, afirmou.

Ainda de acordo com a pasta, o retorno é gradual, híbrido, facultativo e foi planejado para garantir o cumprimento dos protocolos sanitários e transmitir a segurança e confiança necessárias a alunos, funcionários, pais e responsáveis.

“No modelo de ensino híbrido, implementado pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), há alternância entre o atendimento presencial e o remoto. Em uma semana os estudantes participam de atividades na escola e na semana seguinte, as unidades de ensino não têm atividades presenciais e os professores fazem o atendimento pelo aplicativo Conexão Escola. Já na outra semana, as atividades voltam a ser presenciais e assim por diante”, informou a pasta. O término do ano letivo está previsto para 17 de dezembro.

Com a retomada das atividades letivas, a programação do projeto Se Liga na Educação também volta a ser inédita, contando com conteúdo do 3º bimestre. A programação completa pode ser acessada aqui.

Leia mais:
Escolas de BH iniciam segundo semestre com mais aulas presenciais a partir desta segunda
Escolas reiniciam ensino presencial em nove estados
Professores de turmas do 6º ao 9º ano são convocados pela PBH para retorno ao trabalho