Um homem de 21 anos, suspeito de atear fogo na própria casa, foi preso no último domingo (1°), em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A companheira dele, de 23, grávida de seis meses, mora na mesma residência e afirmou que o homem estava sob efeito de álcool e cocaína. 

Segundo a Polícia Militar, o caso foi qualificado como incêndio criminoso envolvendo violência doméstica. Quando os militares chegaram ao local, o fogo já havia sido controlado pelos familiares da vítima. 

A mulher informou que a televisão, sofá, cama, roupas e outros eletrodomésticos foram danificados. 

Ainda segundo a polícia, o suspeito estava muito alterado, dizendo que iria chutar a barriga da companheira e ameaçou matá-la. Ele foi preso em flagrante. 

Leia mais:

Minas registra 2,2 mil casos da Covid-19 em 24 horas
Minas deve vacinar população com mais de 25 anos contra a Covid em agosto
Aval para testar vacina da UFMG em humanos deve sair nesta semana