Um homem de 51 anos foi preso, na noite desta quarta-feira (21), suspeito de tentar matar a ex-mulher, de 31, a facadas enquanto ela segurava a filha do casal no colo em Sete Lagoas, na região Central de Minas Gerais. O crime foi em fevereiro deste ano.

Segundo a delegada Stephania Nunes, ele não aceitava o fim do relacionamento. "Foi até a casa da vítima e, depois de entregar a própria criança para a vítima, ele passou a esfaqueá-la de forma fria. Depois de golpeá-la incessantemente e a faca ter estragado, ele parou, tentou desentortar a faca e, depois de não conseguir, se apossou de uma nova faca e novamente golpeou essa mulher com a criança no colo", explicou.

Depois dos golpes, antes de fugir, o suspeito ainda conferiu se a vítima estava morta. "Ele saiu caminhando calmamente pela casa e depois voltou para verificar se ela estava morrendo", completa a delegada. Mas a mulher foi levada para o Hospital de Sete Lagoas e conseguiu se recuperar.

O homem foi preso em Curvelo, também na Região Central do estado, e indiciado por tentativa de feminicídio com qualificação por motivo fútil e dificuldade de defesa da vítima. 

Leia Mais:
Mulher tenta separar briga e morre ao cair de escadaria em BH
Apreensão de maconha na Zona da Mata dá prejuízo de R$ 600 mil ao tráfico de drogas
Suspeito de estupro de vulnerável e foragido de São Paulo é preso na Grande BH