Um homem de 26 anos, suspeito de incendiar cinco automóveis e uma moto em ruas do bairro Colégio Batista, na região Leste de Belo Horizonte, na noite dessa segunda-feira (19), foi preso pela Polícia Civil nesta terça (20). Em um dos casos, um casal de idosos precisou ser hospitalizado após inalação da fumaça.

O suspeito foi detido na residência onde mora, no mesmo bairro. "No momento da prisão, ele estava dormindo e utilizava as mesmas roupas quando da prática do crime. Ele não resistiu à prisão e confessou o delito", afirmou Eduardo Hilbert, delegado da 1ª Delegacia de Polícia Civil Leste, responsável pelo inquérito.

Hilbert acrescentou que o jovem indicou os instrumentos usados para atear fogo nos veículos, sendo um isqueiro e algumas espumas de material sintético. Conforme a polícia, o homem foi identificado após a análise de imagens de câmeras da região. Ele foi encaminhado para o sistema prisional e responderá pelo crime de incêndio - que prevê pena de reclusão de três a seis anos, além de multa.

Os crimes

De acordo com a Polícia Militar, o primeiro chamado foi registrado por volta das 21h, após uma testemunha relatar que viu um indivíduo colocando fogo em um cobertor que estava embaixo de um Chevrolet Zafira, na rua Itamonte.

Pouco depois, um Volkswagen Gol foi totalmente queimado na Pouso Alegre, no bairro Floresta. O proprietário do automóvel acionou a polícia assim que viu o carro sendo queimado. Os militares ainda tentaram ajudar no combate às chamas.

Em seguida, houve novo registro com a queima de um Renault Duster, que estava na garagem de um prédio, na rua Varginha. Conforme o boletim de ocorrência, vizinhos informaram o dono do veículo sobre a situação. 

O quarto caso foi a garagem da residência de um casal de idosos, na rua Ponte Nova. Um Fiat Doblô e uma motocicleta foram atingidos pelo fogo. As vítimas inalaram muita fumaça e foram encaminhadas para um hospital particular de BH. A mulher foi atendida, liberada e hospedada na casa de um familiar. Já o homem continuava internado até esta terça.

Por fim, enquanto atendiam ao caso anterior, os militares foram acionados para nova ocorrência, dessa vez na rua Saldanha da Gama. Nesse caso, um Volkswagen Virtus foi completamente queimado.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito é usuário de crack.

Leia mais:
Veja dicas para evitar acidentes domésticos com crianças; especialistas debatem assunto nesta terça
Mais de 3 milhões de pessoas receberam duas doses da vacina contra a Covid-19 em Minas
Com 7,6°C, BH tem recorde de frio pela 4ª vez no ano; veja previsão da semana