Com o objetivo de promover a segurança pública, a cultura e o turismo nos municípios mineiros, o governo de Minas lançou a Rede Integrada de Proteção ao Turismo, que compreende ações entre a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) e Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG).

De acordo com informações do Estado, serão desenvolvidas ações como a mobilização de representantes de órgãos públicos, instituições, empresas das localidades envolvidas com o turismo, além das comunidades locais, para, juntos, proporem soluções de melhoria da segurança e da qualidade de vida da população.

As redes de turismo protegido, conforme o Estado, serão constituídas com base na demanda das cidades e destinos turísticos. Para solicitar a implantação de uma Rede, a localidade deve cumprir alguns critérios: ser um município turístico; integrar a Política de Regionalização da Secult; possuir Conselho Municipal de Turismo ativo; estar cadastrada na Plataforma Integrada do Turismo.

O pedido para ingressar na Rede Integrada de Proteção ao Turismo pode ser feito por estabelecimentos, associações e municípios, mineiros pelo telefone (31) 3915-7900, informa a Secult.

“Somos o Estado com o maior número de estâncias hidrominerais, o maior número de cidades históricas, de represas que têm atividades, parques ecológicos, temos uma culinária diferenciada e um povo acolhedor, temos tudo. E a segurança caminha junto com o turismo”, disse o governador de Minas, Romeu Zema (Novo), durante lançamento do projeto, nesta sexta-feira (16).

O comandante-geral da PMMG, coronel Rodrigo Sousa Rodrigues, afirmou que o projeto vai permitir a redução do medo do crime, divulgando a sensação de segurança. "Permitindo que mais pessoas possam passear em nossa Minas Gerais, conhecendo nossas belezas naturais e o nosso acervo cultural. Queremos tornar nosso estado um ambiente cada vez melhor para se viver, para trabalhar e para turismo”, declarou.

Como parte do processo, também serão realizadas capacitações com integrantes da Secult e da PMMG com temas relacionados ao turismo e à atividade turística e sobre as ações da PMMG em prol do turismo e da comunidade local.

Leia mais:
Pampulha completa 5 anos como Patrimônio Cultural da Humanidade; veja fotos e como visitar
Filhotes de ararinhas-azuis nascem no Brasil após 20 anos de extinção
Homem em paraglider morre após bater em viaduto e cair de 40 metros de altura no interior de Minas