Um homem foi preso por invadir e incendiar uma funerária no município de Jaíba, no Norte de Minas. O suspeito, de 47 anos, alegou aos policiais que entrou apenas para “fumar um baseado”, e não tinha a intenção de colocar fogo no estabelecimento. 

O proprietário da funerária contou à Polícia Militar ter recebido ligações dos vizinhos, avisando sobre o incêndio, ocorrido no último sábado (3). Ele dirigiu-se até o local com o filho, e conseguiu, com a ajuda dos moradores, impedir que o suspeito fugisse, até a chegada da polícia. 

Segundo a PM, o autor foi detido por crime de dano e sua bicicleta apreendida. Contudo, já foi liberado após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e assumir o compromisso de comparecer ao Juizado Especial Criminal da cidade.

O incêndio foi contido pelo proprietário e os vizinhos, e não foi necessário acionar o Corpo de Bombeiros. 

De acordo com o dono da funerária, o prejuízo foi de aproximadamente R$10 mil. O local estava sendo reformado e seria reaberto ainda este mês. Devido ao ocorrido, a reinauguração será adiada. 

Leia mais:

Minas Gerais vai ampliar vacinação contra gripe para população em geral a partir da próxima sexta
Vale inicia remoção de rejeitos de barragens em Nova Lima e Barão de Cocais