Os principais indicadores que avaliam a evolução da Covid-19 em Belo Horizonte subiram mais uma vez nesta segunda-feira (1). A taxa de transmissão da doença disparou e chegou a 1,20. Já o índice de ocupação dos leitos de UTI Covid subiu para 74,7%. Ambos estão no nível vermelho. Os dados fazem parte do boletim epidemiológico da Prefeitura de BH.

Na semana passada, a capital mineira viu os índices subirem dia a dia. A taxa Rt, por exemplo, saltou de 0,94 (nível verde) na segunda-feira (22) para os atuais 1,20 (vermelho). Na prática, com essa taxa, cada grupo de 100 contaminados pela Covid pode transmitir a enfermidade, em média, para outras 120 pessoas.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI públicos e privados, exclusivos para tratamento da doença, também subiu, o que preocupa os especialistas em saúde. Na sexta (26), o índice estava em 70,1%, já vermelho, e nesta segunda chegou a 74,7%. Na segunda passada, o uso das unidades de terapia intensiva estava em 65,5%.

Outro indicador que também apresentou ascensão é a ocupação de leitos clínicos da cidade para tratamento da Covid. Na segunda-feira (22), a taxa estava em 48,7% (nível verde), passando para 56,2% (nível amarelo) na sexta-feira (26) e, agora, chegou a 58,3% (nível amarelo).

Número de casos

BH confirmou 15 mortes por Covid-19 nesta segunda-feira. Ao todo, desde o início da pandemia, a cidade já perdeu 2.746 vidas por causa da doença causada pelo novo coronavírus. 

O número total de casos confirmados está em 112.230 no município. Nesta segunda, foram 1.769 novos registros da enfermidade. 

Já os casos em acompanhamento são 4.884. Ou seja, são pessoas que tiveram Covid-19 e que não evoluíram para óbito e permanecem sob análise médica.

Os recuperados somam 104.600 pacientes. De acordo com a prefeitura, são pessoas com Covid-19 que receberam alta hospitalar ou que, após início de sintomas há mais de 14 dias, não tiveram evolução para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou óbito.

Imunizados

O boletim epidemiológico e assistencial da prefeitura também trouxe o balanço de imunizações contra a Covid-19 na cidade. Até o momento, 208.920 doses de vacinas foram distribuídas no município, sendo que 115.558 pessoas já receberam a primeira dose e 59.012 a segunda.

Leia mais:
Apesar de curta, greve de tanqueiros impulsionou ainda mais alta de combustíveis em BH
Drive-in do amor: noivos apostam na criatividade para celebrar união em BH
Multinacional investirá R$ 400 milhões em Minas e dobrará capacidade de produção de embalagens