Vereadores de Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, votaram e aprovaram, por unanimidade, um aumento de cerca de 4,5% nos próprios salários. O reajuste foi aprovado em 1º turno, na última segunda-feira (22), e prevê pagamento retroativo a 1º de janeiro.

O projeto de lei (PL) 002/2021 – de autoria dos vereadores Daniel Belmiro de Almeida (Avante), Dimas do Satélite Som (Republicanos), Marclene Rodrigues (Avante), Vavá (PTC), Rivaldo Souza (PRTB), Max (PSD) e Tilelei (PTC) – tem como justificativa para o aumento uma atualização de acordo a inflação registrada no país no ano passado, pela aplicação do Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPC), com acumulado de 4,52% no período de janeiro a dezembro de 2020.

“Em decorrência da atualização monetária, a expressão do valor relativo ao subsídio mensal do Vereador passa a ser de R$ 8.003,92 (oito mil e três reais e noventa e dois centavos)”, diz o texto.

O projeto, que começou a tramitar no último dia 4 de fevereiro, foi aprovado por unanimidade pelos 13 vereadores presentes e agora segue para segunda votação e sanção do prefeito da cidade, William Parreira (Avante).

Tipo de votação: Simbólica

  • Votos a favor: 13
  • Votos contrários: 0
  • Abstenções: 0
  • Resultado: aprovado

Vereadores presentes durante a votação:

  • Dimas Ramos de Miranda - a favor
  • Marclene Rodrigues dos Santos - a favor
  • Osvaldo Alves da Silva - a favor
  • Wallace Junio Ribeiro Andrade - a favor
  • Francisco Soares de Aquino Neto - a favor
  • Fabio Batista de Araujo - a favor
  • Gleison Eloi Lopes - a favor
  • Artur Orlando da Silva - a favor
  • Alexandre Braga Soares - a favor
  • Alexandre Jose Ferreira dos Santos - a favor
  • Rivaldo Pereira de Souza - a favor
  • Maximiliano Parreira Da Silva - a favor
  • Wanderlei Martins de Paula - a favor

Leia mais:
Regiões Norte e Leste regridem para onda vermelha do Plano Minas Consciente
Brasil registra 1.428 novas mortes por Covid-19
Justiça recebe pedido de extinção da Fundação Renova após reprovação de contas da entidade