Minas Gerais já teve 1.201 pessoas infectadas e uma morte pelo vírus da dengue em 2021. A informação é da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), que contabilizou os casos confirmados até 8 de fevereiro.

Ainda segundo a SES-MG, o total de casos prováveis da doença no Estado é de 5.281, sendo esses 1.201 comprovados até o momento.

Em relação à febre chikungunya, transmitida pelo mesmo vetor, o mosquito Aedes aegypti, foram registrados 1.112 casos prováveis da doença e, desse total, 188 foram confirmados. Não foram comprovados óbitos por chikungunya em Minas até o momento.

Também disseminada pelo Aedes aegypti, o zika vírus teve registrado 66 casos prováveis e, desse total, 3 foram confirmados, também sem óbitos verificados.

Belo Horizonte

Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela SES-MG, Belo Horizonte é a cidade que registra o maior número de casos de dengue em Minas.

Até 8 de fevereiro, a capital teve 785 pessoas infectadas pelo vírus.

Em seguida, aparece Contagem, na região metropolitana, com 165 casos; Cataguases, na Zona da Mata, com 159; e Betim, na Grande BH, que teve 132 pessoas contaminadas até o fechamento do boletim.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas não divulgou a cidade que registrou a morte pela dengue.