Uma nova metodologia de ensino mais dinâmica e capaz de oferecer autonomia aos estudantes passará a ser adotada no primeiro semestre deste ano pelas Faculdades Promove e Kennedy. Chamada de Zirc, a plataforma permitirá que o aluno escolha quais disciplinas cursar em cada período.

O Zirc será oferecido nas aulas presenciais, remotas, EaD e no ensino híbrido. De acordo com o professor Natanael Aleva, diretor acadêmico das instituições em Belo Horizonte, a ferramenta estará disponível aos calouros em qualquer curso da graduação. "Hoje, o aluno é digital. Ele está nas redes sociais, nos jogos, e a vida acadêmica também tem que evoluir para isso", disse.

zirc

Clique para ampliar

Como funciona

Ao iniciar uma graduação, o estudante terá acesso à plataforma Zirc, onde criará um avatar (imagem) e um nickname (apelido). Nesse ambiente, encontrará uma gama de opções de disciplinas disponíveis para aquele semestre, definidas pela coordenação do curso. Lá, definirá quais zircs quer estudar no semestre.

Conforme Natanael, alguns serão obrigatórios, pois funcionam como pré-requisito. "Toda a metodologia foi dividida em quatro dimensões: gerais, áreas de conhecimento, específicas e as livres. Os alunos vão caminhar por elas e criar a trilha de formação deles".

Leia mais:

Após abstenção recorde, aluno que perdeu o Enem ainda pode ingressar no ensino superior neste ano