As 190.500 doses da vacina AstraZeneca e as 87.600 doses da CoronaVac, entregues pelo Ministério da Saúde ao Governo de Minas, começam a ser distribuídas para as regionais de Saúde do Estado na próxima quinta-feira (28).

Segundo a Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), os medicamentos estão armazenados na Central Estadual de Rede de Frio do Estado, em Belo Horizonte, em condições ideais de temperatura e, de lá, serão encaminhados para as 28 regionais, sob escolta das Forças de Segurança.

Na primeira remessa, Minas recebeu 577.480 doses da CoronoVac.

Segundo nota técnica, que deve ser publicada ainda nesta semana, está previsto que, “durante toda a operação, a equipe da Unidade Regional de Saúde, encarregada da distribuição dos imunizantes, ficará de prontidão para possibilitar a comunicação e a adoção de medidas efetivas nos casos em que houver necessidade de mudanças ou remanejamentos”.

De acordo com o diretor de operações da Polícia Militar, coronel Godinho, a partir do dia 1º de fevereiro, todos os municípios poderão iniciar a retirada das vacinas. “Os municípios irão até as regionais, escoltados por uma viatura da Polícia Militar, para retirar as vacinas e, seguindo o Plano Nacional de Vacinação, realizar a imunização dos grupos já previstos”.

O subsecretário de Gestão Regional, Darlan Pereira, ressaltou que “a logística de distribuição das vacinas contra a Covid-19 para todas as URS será realizada sem interrupção, evitando a descontinuidade das remessas de imunizantes e, principalmente, priorizando o contexto epidemiológico e o histórico de sucesso em Campanhas de Vacinação pelo Estado de Minas Gerais”.