O retorno das aulas na rede particular será de forma remota em Minas. Professores e alunos vão continuar no mesmo sistema utilizado desde março do ano passado, quando as atividades presenciais foram suspensas por conta da pandemia da Covid-19.   

A proposta do calendário do Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais (Sinpro- MG) é que, a partir de segunda-feira (1º), comece o ano letivo de 2021. A presidente do Sinpro-MG, Valéria Morato, esclarece que a educação se dá de forma presencial em todos os níveis com muito mais eficácia, mas “infelizmente ainda não é possível o retorno neste momento”.

Questionada sobre o posicionamento do Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (Sinep-MG), que fez um manifesto e uma carreata pelas ruas da capital, pedindo a volta às aulas presenciais, Valéria Morato acredita que, neste momento da pandemia, com o aumento de novos casos de coronavírus e a taxa alta de leitos de enfermaria e UTIs destinados a pacientes com problemas graves da doença, seria uma “irresponsabilidade”.

Acompanhe a entrevista na íntegra.