O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), criticou a parcela da população que se diz contrária à vacina contra a Covid-19. Nessa quinta-feira (22), ele destacou confiar totalmente no imunizante e reafirmou que a capital está preparada para vacinar todos os moradores.

“Eu confio 200% na vacina. Eu confio na ciência. Nós temos uma tradição de vacinas no Brasil. Quem não vacinar é negacionista, idiota e burro. Todo mundo tem que vacinar. Se quiser me vacinar aqui, falar ‘toma aqui prefeito, por lei o senhor tem que vacina’, eu me vacino, vacino meus filhos, vacino minha mulher, vacino todo mundo”, avaliou o chefe do Executivo, durante entrevista ao programa Balanço Geral, da RecordTV.

Na última terça-feira (19), BH recebeu mais de 128 mil doses para imunização de 63 mil profissionais de saúde. Segundo o prefeito, todos foram imunizados em 48 horas. A espera, agora, é para a chegada de doses em massa, para que a grande maioria da população seja protegida.

“Estamos planejando com a chegada de uma grande quantidade. Vamos chamar as associações das farmácias para ajudar, postos volantes, isso já está sendo estudado. Quando a vacina chegar em massa, e vai chegar, nós estamos preparados para que a maioria das pessoas seja vacinada em tempo recorde, para que a cidade volte ao normal o mais rápido possível”, disse.

Leia mais:
Minas deve receber mais 680 mil doses de vacinas contra a Covid na semana que vem
BH ultrapassa 80 mil casos confirmados de Covid-19; taxas de ocupação e transmissão registram queda
PBH ainda tem 306 vagas de enfermeiros para preencher; salário chega a R$ 4,3 mil