A Prefeitura de Belo Horizonte precisa de 306 profissionais da Enfermagem para reforçar as equipes de saúde durante a Campanha de Vacinação contra a Covid-19. Até o momento, das 468 vagas disponibilizadas, apenas 162 foram preenchidas. O cadastro deve ser feito on-line no Banco de Currículos da PBH.

De acordo com a administração municipal, eles atuarão com os servidores responsáveis pela imunização na metrópole, integrando as equipes dos 152 centros de Saúde, além de ajudar na imunização dos acamados e moradores de asilos da cidade.

O contrato terá duração de oito meses. A validade do currículo é de um ano. A remuneração varia de R$ 3.974,98 a R$ 4.384,70, dependendo da unidade de lotação, para 40 horas semanais.

Ainda conforme a prefeitura, mesmo com a chegada das primeiras 128.388 mil doses da vacina, a população deve manter as medidas de combate à Covid-19. Até a noite dessa quarta-feira (20), 59.561 doses da CoronaVac já haviam sido distribuídas a hospitais públicos, privados e filantrópicos, além de Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

"Mesmo com a vacinação, próxima de ser iniciada, é imprescindível a colaboração da população no sentido de evitar aglomerações, uso das máscaras e higienização das mãos", afirmou o subsecretário de Promoção e Vigilância à Saúde, Fabiano Pimenta.

Leia mais:
Acompanhante de idosa internada no Ipsemg morre na porta do hospital em BH
Assembleia de Minas lança plano para retomada econômica de setores afetados pela pandemia
Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro