Uma menina de 12 anos esfaqueou o padrasto na madrugada desta quinta-feira (21) no bairro Industrial, em Contagem, na Grande BH, durante uma briga em família. Segundo a Polícia Militar (PM), o homem havia usado drogas e se desentendido com a companheira. A criança teria, de acordo com os militares, defendido a mãe.

De acordo com o Boletim de Ocorrências (BO), a mulher, de 32, disse que o homem, de 40, fazia uso de entorpecentes na frente dos filhos e pediu para que ele parasse. O marido ficou nervoso, pegou uma faca e tentou agredi-la. No entanto, a arma acabou caindo no chão enquanto os dois brigavam.

A garota, então, teria lançado mão da arma branca e desferido um golpe na altura do tórax do padrasto. Conforme os militares, ele foi encaminhado para o Hospital Municipal de Contagem para tratar dos ferimentos. 

À polícia, a menina confirmou a versão da mãe e disse que tomou a atitude para defendê-la das agressões do padrasto, que já estava alterado. 

O homem, por sua vez, afirmou que o desentendimento aconteceu pois ele chegou em casa após o horário combinado com a esposa. Ela teria ficado com raiva e tentado agredi-lo com a faca, o ferindo na mão.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Plantão de Contagem e foi acompanhada pelo Conselho Tutelar. A perícia compareceu à casa da família e recolheu a arma branca.

Leia também:

Prefeitura sinaliza revisão de taxas e preços públicos em BH
Comércio segue em pausa: PBH atrela reabertura à queda dos casos, que explodiram
Secretaria de Saúde abre 40 leitos de UTI no Hospital Júlia Kubitschek, no Barreiro