Um homem de 23 anos, suspeito de matar e queimar o corpo da namorada, de 34, em Belo Horizonte, foi preso na quinta-feira (7) após investigações da Polícia Civil de Minas.

Segundo informações da corporação, o suspeito confessou ter executado a vítima com uma faca no dia 21 de dezembro do ano passado, após uma discussão. O corpo da mulher foi localizado no dia 22 de dezembro do ano passado, na zona rural de São José da Lapa, na Região Metropolitana de BH. A vítima morava na capital mineira e conheceu o suspeito em meados de 2020. Desde agosto eles viviam juntos.

De acordo com a Polícia Civil, o desaparecimento da mulher foi registrado pala família, que mora na cidade de Unaí, no interior de Minas Gerais, apenas no último dia 3, pois, após esconder o corpo, o suspeito chegou a trocar mensagens com familiares e amigos se passando pela vítima. 

O caso, inicialmente investigado com desaparecimento, agora é tratado como feminicídio. As investigações apontaram o envolvimento do companheiro da mulher, após apuração de um relacionamento abusivo entre eles. “Havia mensagens de aplicativos e áudios em que a ausente relatava esse relacionamento abusivo, que ela (a vítima) havia sido mantida em cárcere privado em momentos distintos, mas que não tinha noticiado isso a autoridades competentes”, disse a delegada responsável pelo caso, Letícia Gamboge. 

Ainda de acordo com a delegada, o suspeito disse que teve a intenção de se defender, porque a vítima teria tentado atacá-lo. “Ela teve um grande sangramento, e ele tentou estancar esse ferimento, mas não conseguiu. Ela veio a óbito e, no intuito de ocultar a prática do crime, ele envolveu o corpo dela em um colchão e o transportou aleatoriamente até São José da Lapa. Lá, ele deixou o corpo da vítima, ateou fogo e retornou para Belo Horizonte”, detalhou a delegada. As investigações seguem em andamento. 

Leia mais: 
Homem é preso em flagrante ao tentar assaltar motorista de aplicativo em São José da Lapa
Homem é preso pela Polícia Civil por suspeita de estuprar a enteada de 12 anos na Grande BH
Suspensão de emissão de documentos no Detran é prorrogada até sexta-feira em BH e interior