O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) começou, nesta segunda-feira (4), uma nova etapa para devolução do valor da taxa de inscrição para os inscritos no processo seletivo do Censo de 2020, que foi adiado devido à pandemia da Covid-19. Cerca de 37 mil candidatos poderão resgatar o montante.

Os que se inscreveram para os cargos de agente censitário (municipal e supervisor) e recenseador, que ainda não solicitaram ou não receberam a devolução da taxa, deverão fazer contato com a Central de Atendimento do IBGE, pelo telefone 0800 721 8181. A ligação é gratuita.

Para solicitar o reembolso, o candidato precisará informar o nome e o CPF, para confirmação do cadastro, e dados bancários em nome do próprio inscrito. Caso a pessoa não tenha conta em seu nome, a devolução poderá ser feita através de ordem bancária para saque nas agências do Banco do Brasil.

De acordo com o IBGE, esta é a terceira iniciativa do instituto para devolver todas as taxas. Na primeira, em maio do ano passado, 60% dos candidatos receberam os valores, que variam de R$ 23,61 a R$ 35,80.

Leia mais:
Ocupação de leitos de UTI ultrapassa marca de 70% em sete regiões de Minas
Aeroporto de Confins terá voos diretos para 37 cidades no mês de janeiro
Prazo para matrícula de estudantes na rede municipal termina nesta segunda em Belo Horizonte