Pelo menos 9 pessoas foram arrastadas depois do registro do fenômeno “cabeça d’água” em uma cachoeira numa região conhecida como Cascatinha, em Capitólio, no Sul de Minas Gerais. Dois banhistas tiveram a morte confirmada pelo Corpo de Bombeiros. Um ainda está desaparecido.

De acordo com a corporação, parte das vítimas ficou ilhada, mas foi resgatada. Testemunhas disseram que algumas pessoas teriam caído em um local conhecido como Poço dos Quênios, no Lago de Furnas.

Ao menos 11 militares das cidades de Piumhi e de Passos trabalham no socorro aos turistas, que conta com o apoio de um helicóptero da corporação.

Aguarde mais informações

Leia Mais:
Banhistas devem ficar atentos para evitar afogamentos em lagoas, rios e represas
Bombeiros resgatam jovem que caiu na cachoeira do Tabuleiro durante prática de esporte radical
Mortes por afogamentos crescem quase 20% em Minas; período de chuvas requer atenção