O Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) reforçou a rede hospitalar credenciada e ampliou os leitos de CTI do Hospital Governador Israel Pinheiro. As ações, informadas nesta quinta-feira (31), foram feitas durante todo o ano de 2020.

A rede de atendimento de saúde aos beneficiários – servidores estaduais, dependentes e pensionistas do Instituto – foi ampliada na capital e no interior de Minas.

Em Belo Horizonte, o Ipsemg credenciou unidades hospitalares, como os hospitais Madre Teresa, Lifecenter, Biocor e São Lucas. No interior de Minas Gerais, foram incorporados os hospitais Moisés Magalhães Freire, em Pirapora, Santa Marta, em Uberlândia, e São João de Deus, em Divinópolis.

Além dos novos convênios, foi retomado o atendimento em hospitais de diversas regiões do estado, que já eram credenciados à rede, mas estavam com atendimento suspenso por falta de repasses do Instituto. Hoje, o Ipsemg conta com 188 hospitais, 989 clínicas e mais de 350 médicos em todo o estado.

Melhorias no Hospital Governador Israel Pinheiro 

No Hospital Governador Israel Pinheiro (HGIP), administrado pelo Ipsemg, foram incluídos novos 16 leitos de CTI em 2020, totalizando 46 leitos disponibilizados atualmente, um aumento de 53%. Foram investidos R$ 5,2 milhões em obras e equipamentos.

Ainda no hospital, os vestiários foram reformados e o parque tecnológico teve equipamentos renovados, como máquinas de hemodiálise, macas mecânicas e carrinhos de anestesias. Além disso, sete elevadores do edifício, localizado na Alameda Ezequiel Dias, no Centro de Belo Horizonte, estão sendo revitalizados. Até o momento, três já foram entregues e outros quatro deverão ser finalizados até março do próximo ano.

De acordo com o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Otto Levy, o Ipsemg estava, até o fim de 2018, com a rede credenciada defasada e com uma dívida superior a R$ 300 milhões. “Por meio de um trabalho criterioso, foi possível quitar a dívida do Ipsemg e todos os pagamentos estão em dia atualmente, sem redução da assistência aos beneficiários e sem aumento de contribuições para os servidores. Os contratos paralisados foram reativados e, hoje, o número de prestadores credenciados é superior ao que existia anteriormente”, afirmou.

Para o presidente do instituto, Marcus Vinicius de Souza, o empenho com o Ipsemg impulsionou o interesse de parceiros em prestar serviços. “Tivemos a reativação de diversos contratos paralisados na gestão anterior bem como a ampliação do número de instituições credenciadas e de serviços oferecidos, como o atendimento em relação às cirurgias de cardiopatia congênita, que não era ofertado até então pelo Ipsemg”, reforça Marcus.

Em 2019, a instituição recebeu a maior execução orçamentária de sua história, com R$ 1,2 bilhão aplicados. O montante representa 22,7% a mais que o executado em 2018. E, embora os números de 2020 ainda não tenham sido totalmente contabilizados, o presidente Marcus Vinicius garante que serão da mesma ordem do ano anterior. “Dessa forma, a autarquia encerra o exercício orçamentário e financeiro absolutamente em dia com todos os seus compromissos”, completa.

Cartão medicamento

Ainda em 2020, o Ipsemg deu início a um processo para disponibilização de cartão medicamento aos beneficiários da assistência à saúde do Instituto. Com a medida, será possível adquirir medicamentos em milhares de farmácias do estado com desconto na folha de pagamento.

De acordo com o edital, publicado no dia 19/12, uma empresa especializada será contratada para implementação, operacionalização e administração do cartão medicamento. A previsão é que 1 mil farmácias distribuídas nas 12 regiões assistenciais de Minas sejam incorporadas ao programa, com expectativa de ampliação para 3,4 mil drogarias em, no máximo, 270 dias após o início da operação.

* Com informações da Agência Minas

Leia mais:
Covid-19: Decreto nacional de calamidade pública vale até a meia-noite de hoje
Zema faz apelo para que jovens mineiros mantenham cuidados e evitem aglomerações
Minas bate recorde de casos de Covid no último dia do ano, com 6.865 confirmações em 24h