O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, fez um apelo na manhã desta quinta-feira (31), pedindo aos jovens mineiros que mantenham todos os cuidados e cumpram o distanciamento social, com objetivo de evitar contaminação e frear a pandemia de Covid-19.

Em um vídeo, divulgado nas redes sociais, ele direciona o recado citando as festas de Ano Novo. “Quero fazer um apelo a você, jovem, que neste final de ano quer aproveitar o Réveillon, participar de reuniões e se divertir. O problema é que o vírus está ainda no meio de nós e mesmo pessoas jovens podem se infectar e ter graves complicações”, advertiu o governador.

Ele ainda lembrou o grande risco de transmitir a doença a familiares. “O jovem pode levar o vírus para casa, onde seus pais, avós ou pessoas que têm comorbidades podem se infectar. Peço a sua ajuda, vamos ficar sem fazer aglomerações, vamos usar a máscara e respeitar o distanciamento”, completou.

Aumento de casos

A preocupação externada pelo governador é em decorrência ao agravamento da doença em Minas Gerais, que já infectou 536.044 pessoas e vitimou 11.784 no Estado. Nessa quarta-feira (30), o Comitê Extraordinário Covid-19 incluiu duas outras regiões (Centro e Oeste) na onda vermelha do Minas Consciente.

Com a determinação, 9 entre as 14 regiões do Estado estão na onda mais restritiva do plano de retomada segura da economia, quando apenas os serviços essenciais como farmácias, supermercados, padarias e bancos podem funcionar.  “Essa semana, infelizmente, tivemos piora expressiva nos indicadores de várias regiões do estado. É hora de estarmos em alerta. Vamos fazer a nossa parte para que tenhamos um 2021 muito melhor”, finalizou o governador.  

Leia mais:
BH teve 154 denúncias de festas e comércios que ignoram prevenção da Covid só nos últimos 33 dias
Minas registra segundo maior número de infectados pela Covid em 24 horas desde o início da pandemia
Nove das 14 regiões de saúde de Minas devem ter funcionamento restrito apenas a serviços essenciais