Um mineiro de 38 anos foi morto com um tiro na nuca, dentro de seu próprio carro, na Filadélfia, maior cidade do estado americano da Pensilvânia. O crime aconteceu na sexta-feira (25), feriado de Natal, e as autoridades locais analisam imagens de câmeras para descobrir autoria e motivação.

Natural de Capitão Andrade e criado em Governador Valadares, na região do Vale do Rio Doce, Aelson Caldeira migrou para os Estados Unidos em 2017 e trabalhava como carpinteiro. Ele deixou uma filha de 4 anos.

De acordo com o portal Brazilian Times, o crime aconteceu poucos minutos depois de Aelson deixar a casa onde morava com a namorada. Ele foi socorrido, mas o hospital constatou a morte cerebral no dia seguinte. Uma das hipóteses levantadas pela polícia local seria uma briga de trânsito, segundo o portal mantido  por brasileiros radicados nos Estados Unidos. 

A comunidade brasileira da Pensilvânia criou uma vaquinha virtual para levantar recursos para o funeral e o traslado do corpo do carpinteiro. A meta é atingir US$ 12 mil – cerca de R$ 63 mil. Veja aqui como fazer uma doação.

Esta é a segunda morte de migrante de Governador Valadares registrada em território americano neste mês. No dia 17, Gilberto Santiago morreu de hipotermia no estado de Massachusetts.