No período de verão, é muito comum os mineiros se refrescarem em lagoas, represas, rios e cachoeiras. Mas a atenção deve ser redobrada, para evitar afogamentos. No feriado de Natal, nesta sexta-feira (25), o Corpo de Bombeiros atuou em, ao menos, dois trabalhos de resgate no interior do Estado.

Durante a tarde, a corporação foi acionada para uma ocorrência no rio Muzambo, em Areado, no Sul de Minas. A forte correnteza havia feito um barco com cinco pessoas virar. Três delas foram resgatadas por populares, mas um homem de 68 anos e a filha dele, de 43, foram arrastados pela correnteza.

Os dois conseguiram se agarrar a uma pedra e ficaram ilhados, mas foram salvos por Bombeiros, que tiveram que usar técnica de rapel para chegar até as vítimas. Com uso de polias e mosquetões, os dois foram içados pelo helicóptero da corporação e retirados do local sem ferimentos.

Já em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, um homem de 25 anos, nascido na Colômbia, se afogou em um lago por volta das 15h40. Ele teria ficado submerso por cerca de 50 minutos. Duas equipes dos Bombeiros estiveram no local e realizaram os procedimentos de salvamento aquático. O corpo da vítima foi encontrado a uma profundidade de 2,5 metros.

Recomendações 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, é importante evitar nadar sozinho, principalmente, em locais desconhecidos, e não ingerir bebida alcóolica antes de entrar na água. Não mergulhar em áreas onde não se sabe qual a profundidade e não dar saltos, pois pode se machucar e ter lesões irreversíveis, levando até a morte.

Além disso, quem presenciar afogamentos não deve entrar na água e tentar socorrer a vítima. A orientação é lançar algum material, como corda e boia.

Veja aqui as recomendações dos Bombeiros para evitar afogamentos.