As passagens de ônibus em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ficam mais caras a partir desta segunda-feira (21). Após decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o valor da tarifa será reajustado em 14,3%, passando de R$ 4,25 para R$ 4,86.

Conforme a decisão, assinada pelo juiz Wenderson de Souza Lima na última sexta-feira (18), as concessionárias responsáveis pelo transporte coletivo na cidade alegam que iniciaram a prestação dos serviços à prefeitura em dezembro de 2016 e que o município "não cumpriu as cláusulas contratuais que previam reajustes tarifários, baseados em fórmula de parâmetro contratualmente definida".

A Prefeitura de Ribeirão das Neves informou que vai recorrer da decisão. Nas redes sociais, o prefeito da cidade, Junynho Martins (DEM), disse que não vai aceitar a medida e destacou que o contrato com as empresas de ônibus foi feito na gestão anterior.

"Já acionei a nossa Procuradoria e vamos entrar com recurso contrário a esse aumento. O cidadão de Neves não pode pagar essa conta, ainda mais agora em um momento de pandemia, em que vários cidadãos estão recebendo recursos do governo federal, sem trabalhar", disse o chefe do executivo municipal.

Leia também:

Consumidor muda o ritmo e coloca freio nos gastos, aponta pesquisa
Endocrinologista alerta para o aumento da obesidade durante a pandemia de Covid-19