O músico Paulo César Santos, o Paulinho, de 68 anos, vocalista do grupo Roupa Nova, morreu na noite desta segunda-feira (11) no Rio de Janeiro. Segundo informações divulgadas pelo portal de notícias G1, o cantor estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Copa D’or, localizado na Zona Sul da capital carioca.  

A morte foi confirmada pela assessoria de imprensa do grupo e pela unidade de saúde. No mês passado, Paulinho foi internado após contrair Covid-19. Recentemente, ele não estava mais hospitalizado na ala para pacientes com a doença. 

Em setembro, ele passou por um transplante de medula óssea para tratar um linfoma, onde foram utilizadas as próprias células do paciente. O músico foi diagnosticado com o novo coronavírus enquanto se recuperava do procedimento e precisou ser novamente internado para tratar o vírus. 

Mais detalhes sobre a morte ainda não foram divulgados.

Vocalista, percusionista e compositor

Nascido em setembro de 1952, Paulinho estava à frente do Roupa Nova desde a formação original, há mais de 40 anos.

Percursionista e compositor, ele se tornou uma das principais vozes do grupo, à frente de músicas de sucesso como "Canção de Verão", "Whisky a go-go", "Linda Demais" e "Meu Universo é Você". 

Leia mais: 
Com taxa de ocupação no limite, Valadares tem leitos de UTI Covid-19 liberados após interdição
Covid-19: Brasil tem 6,92 milhões de casos e 181,8 mil mortes
PBH interdita oito estabelecimentos no fim de semana; são 198 desde março