Além de proibir o consumo de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) suspendeu, nesta sexta-feira (4), o licenciamento de shows, espetáculos, eventos gastronômicos e festas para o Réveillon. As medidas passam a valer a partir de segunda-feira (7).

Conforme decreto publicado no Diário Oficial do Município (DOM), apenas apresentações em teatros que possuem alvará vigente e com público ficam mantidas, mas devem seguir com os protocolos de combate ao coronavírus. Pedidos de licenciamentos que estavam em aberto também foram suspensos. 

Em comunicado no site da PBH, o secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado, disse que houve um debate no Comitê de Enfrentamento à Covid-19 no intuito de ampliar o rigor no distanciamento social por conta do relaxamento das pessoas em bares, restaurantes e shows. Porém, ainda será permitido o funcionamento parcial dos estabelecimentos como uma “decisão intermediária ao fechamento".

“O intuito ainda é preservar ao máximo possível o funcionamento das atividades, mas espera-se que com tais medidas torne-se menos atrativo para a população buscar tais locais para aglomeração e contato intensivo sem o uso de máscara e respeito aos protocolos”, disse o secretário.  

Por outro lado, o decreto prevê a possibilidade de licenciamento de eventos de iluminação e decoração de Natal e caravanas comemorativas sem divulgação prévia nem potencial de atração de público para evitar aglomerações.

Leia mais:

BH proíbe consumo de bebida alcoólica em bares e restaurantes a partir de segunda